Associe-se!
Artigos 04/05/2021

Gestão financeira: descubra os cinco erros mais comuns que impedem o crescimento de uma micro e pequena empresa

A falta de controle do dinheiro que entra e sai da empresa atrapalha os resultados e pode transformar o sonho de empreender em um verdadeiro pesadelo. Evite problemas com as dicas do SIMECS.

 

As micro e pequenas empresas são extremamente relevantes para as economias locais, mas costumam encontrar dificuldades para sobreviver no mercado e conquistar um desempenho satisfatório com o dinheiro. De acordo com um levantamento do IBGE, a maioria das empresas no país não dura 10 anos e uma em cada cinco fecha após um ano.

Uma das principais falhas dos empreendedores à frente de um negócio está na falta de uma gestão financeira capaz de controlar a organização do dinheiro que entra e sai da empresa. Uma gestão financeira eficaz é feita com a adoção de práticas que evitam ações que prejudicam a base do negócio, fazendo isso sem comprometer a capacidade de pagamento de despesas, negociações e investimentos para alavancar o crescimento.

Será que você está cometendo essas falhas em sua empresa?

Para evitar colocar seu negócio em risco, o SIMECS elencou os cinco erros mais comuns que atrapalham os lucros e interferem diretamente no sucesso das micro e pequenas empresas. Acompanhe!

 

A importância da gestão financeira

Poucas coisas ameaçam mais a sobrevivência de um negócio do que as falhas na gestão financeira. Errar com o dinheiro da empresa é arriscar a sustentação do empreendimento, podendo provocar rupturas ou até mesmo um desmoronamento completo e irreversível do negócio.  

Uma gestão eficiente precisa garantir, antes de tudo, que a empresa cumpra com os seus compromissos, invista no seu crescimento e aumente a lucratividade. Sem essas características, com o caixa vazio para o pagamento de contas e muito menos para investimentos, o seu negócio pode acabar se endividando e entrando para a triste estatística da mortalidade de empresas no Brasil.

Por isso, conheça os erros e as soluções para evitar falhar e se tornar uma micro e pequena empresa de sucesso.

 

Não separar as despesas pessoais e empresariais

Relatos de empreendedores são comuns, principalmente quando existe a figura dos sócios, do hábito de usar o dinheiro da empresa para o pagamento de despesas pessoais. Quando realizado uma vez já é um problema, imagine quando a prática passa a ser frequente.

Pode chegar o momento em que não haverá recursos para quitar as despesas da empresa, tornando assim o negócio inadimplente além de gerar prejuízo com o pagamento de juros por atraso ou de eventuais empréstimos. Isso atrapalha os resultados da empresa, compromete o controle das contas e o pagamento de impostos (o Fisco está sempre de olho).

Por isso, evite levar as contas da pessoa física para a empresa e vice-versa.

 

Deixar o fluxo de caixa sem controle

O fluxo de caixa mede a diferença entre a receita e a despesa, informando se os valores de saída da empresa são maiores do que os de entrada. Definitivamente não pode ser deixado em segundo plano, sendo ele o principal indicador da saúde financeira da organização.

Sem esse controle, fica difícil saber se haverá saldo para quitar a dívida com um fornecedor importante, qual o período certo para adquirir um equipamento, o melhor dia para o vencimento de faturas, entre outros.

Além disso, um empreendedor de sucesso é aquele que consegue visualizar o fluxo de caixa como uma ferramenta para planejar o futuro do negócio. Vai além de acompanhar o extrato bancário e atualizar as planilhas.

Por isso, é fundamental enxergar e analisar as despesas que ainda acontecerão para que você se prepare e tenha os recursos suficientes para quitá-las ou para obter crédito em condições melhores de juros.

 

Não dar atenção ao pagamento de impostos

Por mais burocrática que seja, fazer uma gestão tributária adequada é essencial para a saúde financeira de uma micro e pequena empresa, ainda mais no Brasil, país com alta carga tributária. Além do pagamento de impostos, taxas e contribuições, também existem obrigações como notas fiscais, livros contábeis, entre outros.

Importante você saber que todas essas obrigações precisam de atenção para evitar multas, que normalmente são mais elevadas e obrigam o empreendedor a pagar mais do que deveria em alguns casos.

Não hesite em pedir ajuda a parceiros que podem colaborar na resolução dessa demanda e deixar a sua empresa em dia com os tributos.

 

Não ter recursos reservas para imprevistos

Imagine que uma máquina estragou e necessita de manutenção, mas você está sem recursos disponíveis para custear o conserto. Esse problema poderia ser evitado caso houvessem recursos em reserva para imprevistos como esse. Porém, ter dinheiro guardado para essas demandas só é possível com uma boa gestão do capital de giro da empresa.

A função do capital de giro é justamente financiar toda a operação do negócio. Ele consiste na soma do dinheiro em caixa, das contas a receber, saldos em bancos e do estoque e na subtração do valor das contas a pagar e dos demais cursos. Essa diferença é que mostrará a liquidez do negócio, capacidade de lucrar, reservar recursos e ter potencial para investimento.

 

Não medir corretamente o desempenho da empresa

O seu negócio dá lucro ou prejuízo? Qual é o nível de endividamento da empresa? E a rentabilidade do negócio? Em qual período do ano o ambiente é mais favorável para vendas?

As respostas dessas e de outras perguntas semelhantes precisam estar na ponta da língua. Isso porque elas ajudam a medir corretamente o desempenho da empresa.

Um dos erros dos empreendedores é gerir as finanças apenas considerando o cálculo do lucro obtido por meio da diferença entre receitas e despesas.

Porém, essa análise precisa ser feita considerando outros indicadores. Por meio do Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE), por exemplo, informações como essas são coletadas, organizadas para ajudar na tomada de decisões e mostrar a realidade da empresa.

 

Parceiro para gerir as finanças

Se identificou com algumas dessas falhas na gestão financeira da sua empresa? Muitas vezes por falta de experiência ou impulso, os empreendedores acabam cometendo alguns erros que impedem o crescimento do negócio. Porém, para tudo existe uma solução. A primeira delas é procurar quem pode ajudar a mudar as práticas internas da empresa e implementar uma nova cultura de controle e boas práticas financeiras.

Com o programa Gestão Fácil, realizado pelo SIMECS em parceria com o Sebrae e o Sicredi, os conceitos e ferramentas de controles financeiros são utilizados para melhorar o desempenho da empresa, apoiando as decisões gerenciais, além de foco em gestão ágil e mentoria em finanças. Tudo de maneira individual para que o projeto identifique todas as potencialidades do seu negócio.

Agende agora mesmo a visita gratuita de um especialista do Sebrae e descubra como a sua micro e pequena empresa pode alcançar mais sucesso.

Veja também:


Comec realiza mais uma entrega técnica de guindaste Hyva no Espírito Santo
Saiba como a gestão de marketing e vendas pode ser a chave para o sucesso em micro e pequenas empresas
Golpes e fraudes online: você sabe como proteger seus dados pessoais?
Consumo de podcasts cresce no Brasil e revela a importância de conteúdos inéditos para atrair novos públicos
SIMECS protocola no Concex pedido de isenção do imposto de importação do aço
Relatório de Gestão 2020
Imposto de Renda 2021: o que pode ou não ser deduzido na declaração?
Materiais para BAIXAR e IMPRIMIR #TODOSCONTRAACOVID
SIMECS e Simplás colaboram com a implantação de espaço para atendimento de pessoas com casos leves de Covid-19
Fórum online debate potencial da produção, aponta soluções e proporciona negócios para o biogás e biometano
Investir em saúde, uma questão central e estratégica
Previdência privada é uma das opções para garantir um futuro mais tranquilo
Estamos fazendo a nossa parte, faça você também!
Conheça cinco dicas para tornar a sua indústria competitiva e porque você precisa ficar de olho na concorrência
Transformação digital, sua empresa está preparada?
Soprano lança dois novos modernos equipamentos para o setor fotovoltaico
Unylaser fecha parceria e amplia exportação de peças e componentes em aço para o Canadá
Suspensão da Cogestão Regional
Como a otimização de processos pode transformar os resultados da sua empresa
Saiba como poupar e investir melhor a sua renda
Bandeira Preta - Informações atualizadas
Conheça a representante do SIMECS na escolha da Rainha e Princesas da Festa da Uva 2022
MARCOPOLO CONQUISTA PRÊMIO LÓTUS 2021
É hora de planejar a sua vida financeira
Fátima Saúde fez de 2020 o ano dos grandes investimentos
SIMECS se vincula ao Programa Mais Alimentos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA
Plano Nacional de Imunização contra o COVID-19
VOLARE É A MARCA DE MICRO-ÔNIBUS MAIS VENDIDA NO BRASIL
Consumo de vídeos na internet aumenta durante a pandemia e faz a Sumig criar o canal SUMIG TV
PALFINGER é destaque entre as Melhores Empresas para Trabalhar na Serra Gaúcha
Secretário de Desenvolvimento Econômico de Caxias se reúne com diretoria do SIMECS
SIMECS recebe secretário do Ministério da Economia em Caxias do Sul
Levantamento do SIMECS aponta aumento de demanda e recuperação das indústrias da região
Balanço Social 2020
Saúde Ocupacional ganha novo e moderno espaço no Complexo Fátima Saúde
Posicionamento SIMECS - Manifestações do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos em empresas de Caxias do Sul
Protocolos de enfrentamento da Covid-19
SIMECS FECHA PATROCÍNIO COM A FESTA DAS COLHEITAS E A FESTA DA UVA
SIMECS 63 anos de protagonismo para a competitividade
Posicionamento SIMECS
voestalpine Meincol 75 anos - Uma história que dá forma ao futuro
SIMECS e Fátima Saúde estabelecem novo patamar em gestão da saúde empresarial
Em transmissão ao vivo, SIMECS apresenta novidades para 2021
SIMECS promove encontro para analisar desafios do futuro
Mercopar 2020 ocorre em novembro e deve estimular a retomada econômica da indústria
SURDOLIMPÍADAS 2021 SERÁ REALIZADA NA SERRA GAÚCHA
Demanda da indústria apresenta melhora no mês de outubro
Hyva do Brasil conquista certificação como Excelente Lugar Para Trabalhar
Jost Brasil recebe homenagem do SIMECS pelos seus 25 anos
SIMECS recebe candidatos à Prefeitura de Caxias do Sul
SIMECS e Fátima Saúde estabelecem novo patamar em gestão da saúde empresarial
Do Lean à Indústria 4.0
Mercopar 2020
Pix: a forma como você faz pagamentos nunca mais será a mesma
SIMECS lança Programa de Empreendedorismo Internacional
Inova Transformação em Veículos Especiais
Governador esclarece pontos da Reforma Tributária
SIMECS e Fátima Saúde firmam parceria
G.Paniz celebra quatro décadas de conquistas
Hospital Geral pretende arrecadar R$ 37 milhões em dois meses para concluir obras de ampliação
Sicredi e SIMECS: a parceria que pode potencializar o crescimento de sua empresa
BYRos Brasil empresa com Soluções para Conectividade Elétrica e de Dados para Ambientes e Mobiliário
SIMECS homenageia a Metalúrgica Buzin pela passagem de seus 50 anos.
Hyva do Brasil recebe homenagem do SIMECS por seus 25 anos
3º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano com inscrições abertas para webinars em setembro
Levantamento mensal do SIMECS aponta aumento gradual na demanda da indústria em agosto
Juntos Somos Mais Fortes
Oportunidades disponíveis para alavancar o seu negócio
Edreaza Componentes Automotivos completa 30 anos de atividade
Hyva do Brasil celebra 25 anos
Agrale vai fabricar caminhões elétricos da tradicional marca FNM
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Assessorias
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Projetos
Máquinas de Soldagem Sumig prontas para indústria 4.0 podem ser adquiridas via financiamento no BNDES
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Convênios
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Inovação
SIMECS e Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos assinam Convenção Coletiva 2020
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Produção
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Gestão de Pessoas
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Finanças
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Marketing e Vendas
Demanda da indústria apresenta leve melhora em levantamento mensal do SIMECS
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Estratégia
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Crédito
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Plano de Contingência
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Medidas Protetivas
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Trabalhista
Modelo de Plano de Contingência
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19: Tributário
SIMECS recebe pauta de reivindicações do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos
Guia SIMECS de Sobrevivência à COVID-19
SIMECS, Empresas Randon e Marcopolo entregam ventiladores pulmonares para reforçar rede hospitalar da Serra Gaúcha
Presidentes do SIMECS e Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos se encontram para discutir ações para empresas e trabalhadores
Prefeitura apresenta ofício encaminhado ao governador para entidades e sindicatos
SIMECS Com você
AÇÕES JUDICIAIS RELEVANTES
Levantamento mensal do SIMECS aponta preservação de empregos no setor
Papo com Especialistas Perspectivas econômicas frente à crise do Coronavírus
SIMECS, entidades e empresas doam 130 toneladas de alimentos para famílias caxienses durante pandemia
PRORROGAÇÃO DOS PRAZOS DE VENCIMENTO DAS PARCELAS MENSAIS DOS PARCELAMENTOS ADMINISTRADOS PELA RFB E PGFN
SIMECS apresenta novo posicionamento
SIMECS apoia a fabricação de ventiladores pulmonares
Obrigações Ambientais
Randon, Marcopolo e Simecs doam cerca de R$ 3 milhões para rede de saúde de Caxias
SUBIR