Notícias e Informativo Eventos

DESEMPENHO ECONÔMICO Empresas do SIMECS apresentaram lenta recuperação em 2018

As indústrias representadas pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico – SIMECS em Caxias do Sul tiveram um desempenho positivo de 16,45% em 2018 em comparação ao ano de 2017. A divulgação dos dados foi feita à imprensa na manhã desta quinta-feira (31) pelo presidente da entidade, Reomar Slaviero. Segundo ele, em relação aos mercados de atuação, o maior crescimento das receitas se observou nas vendas dentro do estado, com incremento de 29,96%. Já as vendas para fora do estado aumentaram 14,71% em relação a 2017. As exportações cresceram as receitas em ritmo menor, na ordem de 8,68%.

Em relação às Câmaras Setoriais, o segmento automotivo foi o que puxou a retomada, com crescimento verificado em 2018 de 20,66%. O setor metalomecânico cresceu 12,04%. O destaque negativo ficou por conta do segmento eletroeletrônico, com recuo de 9,46% nas receitas em relação a 2017. 

FATURAMENTO – COMPARATIVO DOS ÚLTIMOS CINCO ANOS

Conforme o dirigente do SIMECSm embora o crescimento de 16,45% em relação a 2017, o faturamento de 2018 ainda ficou longe da média histórica de faturamento no período 2010-2014. Nesse sentido, observa-se que  a indústria caxiense já havia retraído 43,68% no biênio 2015/16, em relação ao faturamento de 2014. Mesmo com o crescimento dos anos de 2017 e 2018, respectivamente de 8,89% e 16,45%, o saldo negativo em termos de receitas é ainda de 28,6%. Isso significa que o faturamento, em 2018, foi quase 29% inferior ao observado em 2014.

EMPREGO

Slaviero informou ainda que o saldo de empregos na indústria de Caxias melhorou sensivelmente em 2018. O setor fechou o ano com um resultado positivo de 4.069 postos de trabalho (admissões menos demissões).

No entanto, o número ainda está longe da recuperação do montante de vagas fechadas nos últimos cinco anos. Em 2014 foram 5.208 vagas fechadas; em 2015 o saldo negativo de empregos foi de 9.263 postos; em 2016, nova queda, de 3.986 vagas. Em 2017, pela primeira vez desde 2013, o saldo foi positivo, embora de apenas 61 vagas.  Vale lembrar que em janeiro de 2015 a indústria de Caxias empregava 45,6 mil funcionários. Encerrou 2018 com 37,1 mil trabalhadores empregados.

FATURAMENTO SÉRIE HISTÓRICA 2000 – 2018

A análise do faturamento em série histórica temporal, em valores já deflacionados, mostra o tamanho da queda nas receitas da indústria caxiense desde 2000.

Tendo como base a média das receitas anuais no período 2010-2014, de R$ 24,8 bilhões, vemos uma queda para R$ 15,2 bilhões em 2015 (-38,7%), R$ 12,0 bilhões em 2016 (-51,6%), R$ 13,1 bilhões em 2017 (-47,17%) e R$ 15,2 bilhões em 2018 (-38,7%). Assim, observa-se que o faturamento da indústria, em 2018, foi 38,7% menor do que a média observada em anos de produção normal.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Tipo: PDF - 1,27 Mb

DownloadDados Econômicos


Voltar para página anterior

SIMECS

Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul

Fone/Fax (54) 3228.1855

simecs@simecs.com.br