Notícias e Informativo Eventos

MÉRITO GIGIA BANDERA - Emoção e reconhecimento marcaram solenidade de outorga promovida pelo SIMECS

No dia 30 de novembro de 2018 o Intercity Premium Hotel, em Caxias do Sul, foi palco de umas das edições mais marcantes do Mérito Gigia Bandera. Mais de 300 pessoas convidadas foram testemunhas de uma solenidade em que a emoção e o reconhecimento destacaram a trajetória de vida e trabalho da diretora da Metalúrgica Buzin, Cintia Buzin; do presidente da MGA Válvulas Industriais de Veranópolis, Dirceu Tedesco e do diretor presidente do Grupo G.Paniz, Gilmar Antônio Paniz. O momento mais marcante do evento foi a exibição dos vídeos dos homenageados, relatando através de imagens e depoimentos a história de cada um deles evidenciando muitas situações de dificuldades e de superação que emocionaram os convidados presentes. Ao final de cada homenagem, o público, contagiado pelo clima de emoção, aplaudiu em pé, reconhecendo os empresários e seus exemplos. A outorga foi conferida pelo presidente do SIMECS, Reomar Slaviero, acompanhado de sua esposa Margarete Slaviero. Promovido pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico – SIMECS que comemorou 61 anos no dia 25 de novembro, o evento especial contou com a presença de autoridades como o prefeito do município de Torres, Carlos Alberto Matos de Souza, o presidente do Sistema FIERGS-CIERGS, Gilberto Petry, além de empresários e convidados. Desde 1987 quando instituiu o Mérito Gigia Bandera, o SIMECS já homenageou 86 personalidades empresariais que, com sua visão estratégica, representação institucional, empresária e de defesa da livre iniciativa, conseguem projetar suas organizações. Os nomes foram escolhidos por uma comissão especial do SIMECS. O Mérito Gigia Bandera chegou à sua 25ª edição. 

Balanço Social 2018

O evento também contou com o lançamento do Balanço Social do SIMECS 2015. Na oportunidade, o presidente do SIMECS Reomar Slaviero entregou à representante do Executivo Municipal, Secretária de Gestão e Finanças, Magda Regina Worman a 19ª edição deste importante trabalho da entidade evidenciando investimentos superiores a R$400 milhões por parte das empresas dos segmentos automotivo, eletroeletrônico e metalmecânico em benefícios sociais a 50 mil trabalhadores e seus dependentes. Entre os benefícios concedidos, destacam-se: salários, programas de saúde, educação, transporte, alimentação, participação nos lucros e resultados.

Presidente do SIMECS fez avaliação de 2018

Em seu pronunciamento, o presidente do SIMECS, Reomar Slaviero fez um relato sobre as principais ações desenvolvidas em 2018.  Conforme o dirigente, apesar da crise e da redução de receita, em 2018 o SIMECS manteve o projeto de Descentralização de Recursos. Também em 2018 foram realizados em torno de 60 eventos para as empresas do segmento, com uma média de 05 eventos mensais em Caxias e nos municípios da base regional. O SIMECS realizou importantes Missões Técnico – Comerciais, oportunizando a diversos empresários e executivos das empresas metalúrgicas, especialmente as de pequeno porte, a participação em importantes feiras no Brasil e no exterior. Mesmo sendo um ano difícil, o SIMECS, de forma exitosa, liderou um processo diferenciado de negociação coletiva. Todos os acordos da Convenção Coletiva foram fechados em Caxias do Sul e nos municípios da base. Em relação à base de Caxias foram obtidos importantes avanços, como o Banco de Horas, manutenção das cláusulas sociais por mais dois anos, feriado móvel, férias em três períodos, entre outros. Falando sobre a questão econômica, Slaviero afirmou que a retomada do crescimento do país só se dará de forma sólida a partir do ajuste nas contas públicas e das reformas imprescindíveis para recolocar o país nos trilhos. Um melhor ou pior desempenho da indústria, neste ano e no próximo, estará em ações da união sobre o chamado tripé macroeconômico: ajuste fiscal, geração de superávit primário e controle da inflação com ajuste para a meta estipulada. Esse será o grande desafio para o governo que assume em 2019. Somente com a união de entidades, empresários e trabalhadores será possível uma transformação mais positiva para a garantia do emprego e a sustentabilidade das indústrias. “Nossa esperança, no entanto, segue forte. Apesar de tudo, vemos as empresas e os trabalhadores lutando por dias melhores. O importante é não esmorecer e não perder a confiança, tão em baixa nos últimos tempos. Com esse pensamento, o SIMECS continuará sempre fazendo a sua parte, na busca por um país mais competitivo, desenvolvido e justo”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação



Voltar para página anterior

SIMECS

Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul

Fone/Fax (54) 3228.1855

simecs@simecs.com.br